segunda-feira, abril 06, 2009

MIGRAÇÕES

A palavra migração pode ser associada ao movimento entre pontos distintos de uma forma cíclica.

De certa forma migramos constantemente, como se fossemos simultaneamente o passo de avanço e recuo de uma dança. Definimos o tempo contínuo e incontornável com a cadência do ponteiro dos segundos como se o tempo andasse para trás e para frente. Transportamos a nossa mente e corpo num espaço contínuo mas necessitamos de encontrar limites, situações, caminhos que espelham esta condição constantemente referencial da nossa acção.


video


_sebastião

3 comentários:

claudinha disse...

uau! muito bom sebastião :) as tuas imagens parecem pinturas, gosto da sensação de "borrão" como se vissemos realmente o tempo, ou instante cristalizado nas personagens que nos apresentas:)

Pedro Varela disse...

Tenho um vídeo para competir com os teus, à espera que me ensines como é que se põe isto no blog.

sebastiao disse...

lol no sitio onde escreves o texto, ah um simbolo que é de uma fita de cinema, clicas ai e anexas o teu filme!

bora la por isto a andar!! :P eheh

olha la tu nao tas numa de participar no concurso do sos urban?